Os descendentes de Noé e o surgimento das nações – Leia Agora

Last updated on 23 de dezembro de 2022

Os vs. 18-28 de Gênesis 9 narram o episódio em que um dos filhos de Noé o desrespeita enquanto ele se encontrava nu e bêbado. O patriarca havia bebido vinho, se embriagado e ficou nu dentro de sua própria tenda. Seu filho “Cam” o viu neste estado, o que indica que ele entrou sem permissão na tenda do pai. Ele relata o caso aos seus irmãos, provavelmente com deboche e desrespeito, mas eles não lhe dão ouvidos e vão cobrir a nudez de seu pai.

O v. 25 relata que, devido ao desrespeito de Cam, Noé amaldiçoou seu filho, Canaã, afirmando que este seria servo de seus irmãos para sempre. Essa profecia se cumpre nos descendentes dele, os povos de Canaã, os quais foram vencidos por Moisés e Josué quando conquistaram quase todo o território da Palestina (Canaã) para Israel (cf. Êx 6:4; Nm 32:31-33; Js 14:1+).

Mas essa história não se resume a isso. A título de curiosidade, o Livro dos Jubileus, uma obra preservada pelos essênios e encontrada entre as descobertas dos Manuscritos do Mar Morto, em 1947, conta motivos adicionais do porquê Deus ter ordenado exterminar os povos de Canaã. 

Em Lv 18:24-25+; e Dt 9:5 as Escrituras já mencionam que Deus os estava expulsando de lá devido suas grandes maldades. Porém, do capítulo 8:8 até 9:15 do Livro dos Jubileus, é narrado que os filhos de Noé repartiram terras entre seus filhos (os netos e bisnetos de Noé). Eles selaram essa divisão por meio de uma maldição sobre quem procurasse invadir o território do outro (9:14). 
Acontece que Canaã e seus filhos, por meio de uma revolta, possuíram o território de Shem, patriarca dos israelitas, veja cap. 10:28-34. Os irmãos dele o recordam da maldição que pronunciaram se isso acontecesse, e profetizam que por meio de uma revolta os descendentes de Canaã seriam retirados novamente daquela terra se ele não a desocupasse. Por fim, foi o que aconteceu por meio dos dois primeiros grandes líderes de Israel.

Comentários Recentes

Postagens Mais Recentes

Siga nossa Página