Os levados e deixados na vinda do Messias – Fale com Deus

 

Em Mateus 24:40 “Jesus” diz que “um será levado (tomado) e o outro deixado”. Mas o que isso quer dizer afinal de contas? Qual a explicação para essa frase enigmática do Salvador? O que significa essa palavra dita para o fim dos tempos?

 

Porque a vinda do Filho do Homem será como ocorreu nos dias de Noach (Noé). Nos dias antes do Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e se dando em casamento, até o dia em que Noach entrou na arca, e eles não perceberam nada, até que veio o Dilúvio e arrastou a todos. Será exatamente dessa forma quando o Filho do Homem vier. Dois homens estarão no campo – um será levado, e o outro, deixado. Duas mulheres estarão moendo trigo – uma será levada e a outra, deixada. Portanto, fiquem alertas, porque não sabem o dia em que seu Senhor virá.

Mattityahu [Mateus] 24:37-42, Bíblia Judaica Completa; os (colchetes) são nossos

O que os “levados (tomados) e deixados” de Mateus 24:40 tem a ver com o dilúvio nos dias de Noé?

a arca de Noé no dilúvio - Gênesis 6 e 7

É evidente no texto que a descrição da vinda feita pelo ungido Yeshua é muito diferente do que alguns acreditam em nossos dias. Enquanto alguns acreditam que serão levados ou tomados para passar um período de férias no céu, lá morando por sete ou mil anos, e o planeta Terra será abandonado por Deus, sendo entregue nas mãos de um governo ímpio ou se tornando um cemitério de ímpios mortos, o mestre Yeshua ensina algo bem diferente.

Ele compara a sua vinda com os “dias de Noach (Noé)”, onde o planeta Terra foi atingindo por uma grande catástrofe (o dilúvio), que destruiu todos os ímpios, ou seja, os “levados” ou “tomados” do texto segundo Yeshua; porém, as pessoas justas foram preservadas e salvas dessa catástrofe, porque eram pessoas justas aos olhos do Eterno, isto é, os “deixados” do texto de Mateus 24:40.

(Para mais informações acerca do dilúvio, veja o Resumo da Parashá Nôah, no Projeto Bíblico Ezra).

Logo, quem será levado ou tomado na vinda do ungido Yeshua são as pessoas ímpias deste mundo, e não as pessoas justas. Estas, por sua vez, serão preservadas pelo Eterno, tal como aconteceu nos dias de Noach (Noé). Outra coisa que salta aos olhos, é que no contexto deste texto o Senhor Yeshua fala dos sinais de sua vinda como indicação de que haverá mudança de estação no planeta terra. Vejamos:

Que a figueira lhes ensine uma lição: quando os ramos brotam e as folhas aparecem, vocês sabem que o verão está próximo. Da mesma forma, quando virem todas estas coisas, saberão que o tempo está próximo, às portas.

Mattityahu [Mateus] 24:32-33, BJC

Ou seja, assim como os sinais da “figueira” indicam que o verão se aproxima (uma mudança de estação), também os sinais que foram pontuados pelo Messias no contexto de Mateus 24:40 indicam que sua vinda causará uma “mudança de estação” neste mundo.

Portanto, o que mudará após a vinda de Yeshua é o mesmo que mudou após o dilúvio. Ou seja, houve a destruição dos ímpios de nosso planeta e foi dada uma nova oportunidade para as pessoas justas construírem uma sociedade melhor. Contudo, essa sociedade melhor será governada por Yeshua, o ungido, pois dessa vez ele virá para reinar sobre este planeta. Tal como está escrito:

Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, ele se assentará no trono glorioso. Todas as nações serão reunidas diante dele, e ele separará umas das outras como o pastor separa as ovelhas dos bodes. E colocará as ‘ovelhas’ à sua direita, e os ‘bodes’, à esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à direita: ‘Venham, benditos de meu Pai, recebam sua herança, o Reino preparado para vocês desde a criação do mundo!

Mattityahu (Mateus) 25:31-34. BJC

Logo, o “reino” citado pelo Messias é o seu governo monárquico, que se iniciará sobre este planeta após a sua volta. Ou seja, o Rei Messias na sua 1ª vinda anunciou que este reino chegaria, e na sua 2ª vinda virá pra reinar! É Simples assim. E quem será levado e tomado deste planeta na sua vinda serão os ímpios.

Por fim, este ensino de Yeshua está em harmonia com as promessas do Tanakh (As Escrituras da Lei e dos profetas, chamadas erroneamente de “antigo testamento” pelos cristãos). Tal como está escrito:

“Porque os retos habitarão a terra e os íntegros permanecerão nela; os ímpios, porém, serão expulsos da terra, os traidores serão varridos dela!”

Provérbios 2:21-22

Comentários Recentes

Postagens Mais Recentes

Siga nossa Página