veja como usá-lo em sua vida – Leia Agora

Discernimento é um tema importante na Bíblia. O que é discernimento na Bíblia? Como podemos usar o discernimento na nossa vida? É exatamente isso que queremos responder neste texto.

Basicamente, o discernimento é a capacidade de perceber e entender as coisas. Na Bíblia, o discernimento é usado para entender a vontade de Deus e para fazer escolhas sábias.

Como cristãos, precisamos buscar o discernimento de Deus em todas as áreas da nossa vida. Precisamos pedir a Deus que nos dê discernimento quando estamos tomando decisões importantes.

O discernimento também nos ajuda a lidar com as dificuldades da vida e a crescer espiritualmente. Neste artigo, vamos explorar o tema do discernimento na Bíblia. Vamos ver o que a Bíblia diz sobre o discernimento e como podemos usá-lo em nossa vida.

LEIA TAMBÉM:

O que é discernimento?

Discernimento é a capacidade de perceber e compreender as coisas de maneira clara e precisa.

É um termo que é geralmente usado para descrever a habilidade de tomar decisões sábias e bem informadas. Para isso, é preciso ter um bom conhecimento da situação e das opções disponíveis, além de uma mente aberta para ouvir os diversos pontos de vista.

O discernimento também requer um certo grau de coragem, pois às vezes é necessário tomar decisões difíceis ou contrárias à maioria.

Onde podemos encontrar o conceito de discernimento na Bíblia?

O conceito de discernimento pode ser encontrado em vários lugares da Bíblia. Em Mateus, Jesus ensina a seus discípulos que eles devem ser sábios como as serpentes, mas inocentes como as pombas (Mateus 10:16).

Isso significa que eles precisam ter discernimento para saber quando agir e quando não agir. Em outras palavras, eles precisam ser cautelosos, mas também devem confiar no Senhor.

Também podemos encontrar o conceito de discernimento em Lucas, onde Jesus diz a seus discípulos que eles precisam estar atentos para os sinais dos tempos (Lucas 21:34-36).

Isso significa que nós como cristãos precisamos ter discernimento para entender o mundo em nossa volta e saber como agir diante das circunstâncias.

Finalmente, o conceito de discernimento também é mencionado em 1 João 4, onde Paulo diz que os cristãos precisam ter discernimento para testar os espíritos. Não é sobre fantasma ou algo do tipo, mas de compreender o ensinamento por trás das coisas. Confira no vídeo abaixo sobre o discernimento de espírito:

Isto é importante porque há muitas falsas doutrinas por aí e precisamos ter cuidado para não cairmos nas armadilhas delas. Enfim, o conceito de discernimento é algo que está presente nas Escrituras e, principalmente, naquele que vive o evangelho de Jesus. É importante termos este conceito em mente, pois ele nos ajudará a tomar decisões melhores na vida cristã.

Como usar o discernimento na nossa vida?

Precisamos de discernimento para tomar as melhores decisões na vida, usando nosso intelecto para entender melhor as circunstâncias e avaliar a nossa vida diante de Deus. Quem tem discernimento possui prudência, utilizando da sabedoria do Senhor na hora de tomar decisões.

O discernimento nos ajuda a entender o que é certo e o que é errado, e também como agir em determinadas situações. Sem discernimento, pode ser muito fácil seguir o caminho errado e acabar arrependido no final. Portanto, discernimento é essencial para uma vida bem-sucedida.

Neste aspecto, viver com discernimento significa ter a capacidade de enxergar além das aparências e tomar decisões sábias e acertadas. Isso não é uma tarefa fácil, pois requer muita atenção, reflexão e oração.

No entanto, é algo que todos podem aprender. Para viver com discernimento, é preciso estar atento aos sinais que Deus nos envia. Às vezes, Ele nos mostra o caminho a seguir de forma bem clara; outras vezes, sua mensagem pode não ser tão evidente.

Mas, se estivermos atentos, poderemos perceber o que Ele quer nos dizer. Por isso o discernimento precisa ser acompanhado da oração, pois é por meio dela que Deus abre nossos olhos para entender sua vontade.

Outra coisa importante é saber ouvir as opiniões dos outros. É claro que nem sempre as pessoas estarão certas, mas elas podem ter um ponto de vista diferente do nosso e isso pode nos ajudar a tomar uma decisão melhor. Quando vivemos em uma comunidade cristã, somos sempre convocados a ajuda mútua.

Por fim, lembre-se de que Deus sempre está presente em nossas vidas e que Ele nunca nos abandonará. Confie Nele e busque Sua orientação em todas as situações da sua vida. Assim, você estará sempre no caminho certo!

Exemplos de situações em que precisamos ter discernimento

Todos nós temos que fazer escolhas todos os dias da nossa vida e, às vezes, elas podem ser muito difíceis. Deus quer que usemos o discernimento em todas as áreas da nossa vida, para podermos tomar as decisões que sejam melhores para nós.

A Bíblia fala sobre discernimento em várias passagens. Em 1 Coríntios 2:14-está escrito: “Porque o homem natural não percebe as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discutem espiritualmente. Mas o espiritual discerne bem todas as coisas.”

Isto significa que precisamos do Espírito Santo para nos ajudar a compreender as coisas de Deus. Sem o discernimento de Deus, estaremos sempre confusos e sem saber qual caminho seguir.

Existem muitos exemplos na Bíblia de pessoas que usaram seu discernimento para tomar boas decisões. Abraão foi um homem que teve muito discernimento. Ele obedeceu a Deus quando lhe foi pedido para sacrificar seu filho Isaque (Gênesis 22).

Moisés também mostrou grande discernimento quando liderou o povo de Israel pelo deserto durante anos (Êxodo 15). No Novo Testamento, Maria teve muito discernimento quando aceitou cumprir sua missão de ser a mãe do Salvador (Lucas 1:26-38).

Em suma, são inúmeras situações do dia-a-dia que precisamos de discernimento para tomar decisões e fazer a “coisa certa”. Que Deus nos ajude.


Comentários Recentes

Postagens Mais Recentes

Siga nossa Página